XANTOXILUM: O ÓLEO CAPAZ DE NOS TRANSPORTAR PARA O PASSADO


O xantoxilum é uma importante planta medicinal que cresce nos vales quentes do Himalaia.

Conhecida pelos aldeões locais como “timur”, “tomar” ou “timbar”, integra a rica biodiversidade encontrada nestas comunidades étnicas, compondo a cultura, os sistemas de conhecimentos, as tradições e as mitologias regionais. Muito apreciada pelos monges budistas para uso culinário, também é chamada de pimenta-de-monge (não confundir com o vitex que também possui esta denominação).

O óleo essencial de xantoxilum é extraído dos frutos secos da planta e distingue-se por seu aroma único, que tem a curiosa particularidade de nos transportar para lugares que remetem ao passado.

Apreciar seu aroma é como percorrer ou visitar templos, antiquários, bibliotecas antigas ou viajar nos recônditos de nossa memória. Esta peculiar característica confere a esse óleo usos interessantes em terapias de regressão, auxiliando no acesso ao subconsciente.

O xantoxilum (Zanthoxylum armatum) é uma pequena árvore ou arbusto espinhoso pertencente à família Rutaceae. Seus frutos são espécies de pimenta conhecidas por “aquecer o corpo” e muito empregadas no tratamento de diversas condições comuns, como dores de dente, febre, queixas estomacais, resfriados e tosses persistentes.

Em comunidades locais da Índia é considerada uma planta de propriedades mágicas, representando também um importante produto de escambo para a população rural, que a utiliza para a obtenção de cereais, painço, leguminosas, roupas de lã e frutas nativas de outras regiões.

Durante as últimas décadas, a planta vem ganhando a atenção da comunidade científica, revelando vários compostos ativos farmacológicos interessantes. Em testes in vivo e in vitro, o extrato tanto das folhas quanto da casca dos frutos, apresentou potencial antidiabético. Novos estudos evidenciam fortes efeitos antifúngico, inseticida e anti leishmania de extratos do fruto de xantoxilum.

Seu óleo essencial combina linalol e cinamato de metila e é amplamente empregado na composição de perfumes modernos, produtos de higiene pessoal e bucal. Destaca-se também por sua considerável atividade antisséptica, cicatrizante e estimulante da circulação em massagens aplicadas para o tratamento da má circulação.

Essa associação de cinamato com linalol traz efeitos interessantes para uso em massagens para alívio de dores, melhora da circulação, eliminação de tensões musculares e articulares (por exemplo, pode ser muito útil em massagens localizadas na melhora do pinçamento do nervo ciático).

PRINCIPAIS PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS DO ÓLEO ESSENCIAL DE XANTOXILUM:
– Antisséptico. Indicado para acne, feridas e machucados.
– Desinfetante e desodorante.
– Estimulante da microcirculação da pele.
– Regenerador celular e estimulante da produção de colágeno em áreas lesadas. Indicado para cicatrização de feridas e machucados, tratamento de peles ressecadas e envelhecidas.
– Antibacteriano.
– Antifúngico.
– Inseticida.
– Vermífugo.
– Antiespasmódico suave.
– Atenuante dos sintomas de rinite e alergias cutâneas.

ATUAÇÃO NO CAMPO EMOCIONAL:
– Sedativo e calmante do sistema nervoso.
– Atenuante de fadiga mental, estresse, irritabilidade e tensão nervosa.

COMPOSIÇÃO CROMATOGRÁFICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE XANTOXILUM LASZLO
Constituinte ID %
1 α-pineno 0.2
2 β-pineno 0.2
3 mirceno 0.5
4 felandreno 0.6
5 limoneno 11.9
6 Z-oxido linalool 1.1
7 E-oxido linalool 1.8
8 linalool 62.6
9 Z-hidrato pineno 2.9
10 terpinen-4ol 5.1
11 felandral 0.3
12 cinamato de metila 8.1
13 β-cariofileno 0.2
14 γ-cadineno 0.2
15 nerolidol 0.4

Quer surpreender-se com esse aroma único?

Você encontra todos os nossos produtos em qualquer revenda Laszlo e em nossas lojas física e virtual. Acesse: https://www.emporiolaszlo.com.br/oleo-essencial-de-pimenta-sichuan.html

GRUPO LASZLO

REFERÊNCIAS:

FÁBIÁN LÁSZLÓ

KALA, C. P.; FAROOQUEE, N. A.; DHAR, U. Traditional uses and conservation of timur (Zanthoxylum armatum DC.) through social institutions in Uttaranchal Himalaya, India. Conservation and Society, v. 3 n. 1, p. 224-30, Jan.-June 2005.

RYNJAH, Carey Vana et al. Evaluation of the antidiabetic property of aqueous leaves extract of Zanthoxylum armatum DC. using in vivo and in vitro approaches. Journal of Traditional and Complementary Medicine, v. 8, n. 1, p. 134-40, Jan. 2018.

ALAM, Fiaz; SAQIB, Qazi Najam us; ASHRAF, Mohammad. Zanthoxylum armatum DC extracts from fruit, bark and leaf induce hypolipidemic and hypoglycemic effects in mice − in vivo and in vitro study. BMC Complementary and Alternative Medicine, v. 18, n. 1, Feb. 2018.

TIWARY, Mohini et al. Chemical composition and larvicidal activities of the essential oil of Zanthoxylum armatum DC (Rutaceae) against three mosquito vectors. J. Vector Borne Dis., v. 44, n. 3, p. 198-204, Sept. 2007.

KHARE, C.P. Indian medicinal plants: an illustrated dictionary. Berlin: Springer Science & Business Media, 2007. 900 p.

LASZLO
O Essencial em sua Vida.
www.laszlo.ind.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.