REVISÃO SOBRE O POTENCIAL DE ÓLEOS ESSENCIAIS NO CONTROLE DA COVID-19

REVISÃO SOBRE O POTENCIAL DE ÓLEOS ESSENCIAIS NO CONTROLE DA COVID-19

22 de março de 2021 Dicas 0
Revisão Sobre o Potencial de Óleos Essenciais no Controle da covid-19

Uma extensa revisão, publicada em agosto deste ano, compilou as informações científicas disponíveis sobre o potencial dos óleos essenciais no controle da Covid-19. Ainda não se tem um plano de tratamento claro e unificado para a condição. Portanto, diferentes abordagens seguem sendo avaliadas, com o intuito de minimizar a sua disseminação e amenizar os prejuízos ao organismo.

Devido à sua natureza química, de caráter lipolífico, os óleos essenciais apresentam bom desempenho no controle de microrganismos. Diversos estudos evidenciam o seu potencial antiviral contra diferentes patógenos. Este desempenho pode ocorrer por meio de ações diretas em vírus livres; inibição das etapas envolvidas na fixação do vírus; penetração; replicação intracelular; liberação de células hospedeiras e inibição de enzimas virais vitais. Além disso também podem contribuir ao apoiar o sistema imunológico e o sistema respiratório, auxiliando na redução dos desconfortos.

Até o momento as atividades antivirais dos óleos essenciais, bem como de seus componentes, contra Sars-CoV-2, tipo de vírus causador da atual pandemia, foram avaliadas em modelos moleculares assistidos por computador, e estudos in vitro. Divulgamos esta revisão com o intuito de ressaltar a importância das informações aqui contidas e fomentar o progresso de novos estudos. O banco de dados do estudo abrangeu artigos de periódicos revisados por pares, livros, teses, dissertações, várias patentes e relatórios complementares que cobrem as propriedades anti-SARC-CoV-2 de óleos essenciais tradicionalmente usados.

👉 ÓLEO ESSENCIAL DE EUCALIPTO GLOBULUS (Eucalyptus globulus)
Tanto o óleo essencial, quanto o seu componente majoritário, 1,8-cineol, demonstrou em ensaios in vitro, ser capaz de inibir a reprodução viral de Sars-CoV-2. O seu desempenho contra outros vírus que afetam o sistema respiratório como influenza A (H1N1), também são reconhecidos. Apresenta ainda potencial imunomodulador, anti-inflamatório, mucolítico e broncodilatador. Os seus efeitos positivos sobre condições respiratórias agudas e crônicas, incluindo rinossinusite, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e asma, são amplamente estudados por diversos estudos ao redor do mundo.

👉 ÓLEO ESSENCIAL DE ALHO (Allium sativum)
O óleo essencial de alho e seus constituintes isolados, demonstraram em estudos moleculares e in vitro, potencial para prevenir a entrada do vírus Sars-CoV-2 nas células hospedeiras. Além disso, também foi capaz de atuar na ativação das vias moleculares antioxidantes, que por sua vez, reduzem o desenvolvimento de processos inflamatórios.

👉 COMPONENTE α-farneseno
Demonstrou inibir a replicação viral de SARS-CoV-2. Pode ser encontrado nos óleos essenciais de camomila alemã (Matricaria chamomilla) (média de 8%); jasmim sambac (Jasminum sambac) (média de 10%); ylang ylang extra (Cananga odorata) (média de 8%).

👉 COMPONENTE farnesol
Demonstrou inibir a replicação viral de SARS-CoV-2. Pode ser encontrado nos óleos essenciais de galangal (Alpinia galanga) (média de 5%); cabreuva (Myrocarpus frondosus) (média de 1%).

👉 COMPONENTE nerolidol
Demonstrou inibir a replicação viral de SARS-CoV-2. Pode ser encontrado nos óleos essenciais de cabreuva (Myrocarpus frondosus) (média de 55%); néroli (Citrus × aurantium) (média de 1.3–4.0%); cardamomo (Elettaria cardamomum) (média de 2%).

👉 COMPONENTE cinamaldeído
Demonstrou impedir a interação do vírus com receptores do hospedeiro. Também reduziu citocinas inflamatórias e edema pulmonar em cobaias. Pode ser encontrado nos óleos essenciais de canela da china cascas (Cinnamomum cassia) (média de 80%); canela do ceilão cascas (Cinnamomum verum) (média de 70%).

👉 COMPONENTE carvacrol
Demonstrou em modelos moleculares capacidade de comprometer a replicação viral. Pode ser encontrado nos óleos essenciais de orégano (Origanum vulgare) (média de 60-75%); tomilho QT borneol (Thymus satureoides) (média de 26%).

👉 COMPONENTE eugenol
Demonstrou possuir propriedades anti-inflamatórias e protetoras dos pulmões contra lesões agudas. Pode ser encontrado nos óleos essenciais de cravo botões (Syzygium aromaticum) (média de 60%); bay rum (Pimenta racemosa) (média de 60%); canela folhas (Cinnamomum verum) (média de 75%).

Há muito tempo se sabe que os óleos essenciais possuem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, imunomoduladoras e antivirais. Avaliações também propõem que tenham potencial atividade contra o SARC-CoV-2. Os dados apresentados pelos óleos essenciais e componentes mencionados, demonstram potencial para apoiar a prevenção e tratamento de casos de Covid-19.

Ressaltamos que as informações existentes sobre esses óleos essenciais são preliminares, fundamentadas em dados obtidos de docking molecular assistido por computador e estudos in vitro.

Para conhecer os produtos Laszlo, procure a revenda mais próxima, visita nossa loja física ou virtual em: www.emporiolaszlo.com.br

Acompanhe também nossas publicações nos canais oficiais do Congresso Internacional de Aromatologia (CIAROMA), que será de 19 a 21 de novembro de 2021. Acesse @congressociaroma (Instagram) e Congresso de Aromatologia (Facebook).

LASZLO
O Essencial em sua Vida

REFERÊNCIAS:

FÁBIÁN LÁSZLÓ

ASIF, Muhammad et al. “COVID-19 and therapy with essential oils having antiviral, anti-inflammatory, and immunomodulatory properties.” Inflammopharmacology vol. 28,5 (2020): 1153-1161.

TISSERAND, Robert; YOUNG, Rodney. Essential Oil Safety – E-Book: A Guide for Health Care Professionals. [S. l.]: Elsevier Health Sciences, 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *